Trabalho em Grupo ou Trabalho em Equipe

 Na sua sala de aula você adota o trabalho em grupo ou o trabalho em equipe?

Trabalhar em uma sala de aula numerosa,  traz muito desgaste para o Professor, pois como realizar o trabalho pedagógico de modo eficiente e ter de lidar com tantos indivíduos diferentes uns dos outros?

trabalho em equipeColoque em uma sala fechada 35 a 40 indivíduos, dê uma única tarefa a todos, espere e veja o que acontece ! Tumulto, gritaria, bagunça, confusão, indisciplina, é o que ocorrerá, com certeza, pois esta é a receita ideal se você deseja perder o juízo!

Crer que os alunos por si só executarão tudo o que for solicitado é um grave engano que até mesmo Professores veteranos ainda cometem, não importa se a aula ocorre na Educação Infantil, Fundamental ou Ensino Médio

A saída para este impasse é ajudar os alunos a trabalharem em Equipe.

O que é trabalho em equipe?

O trabalho em equipe é definido no Novo Dicionário Webster como “uma ação conjunta de um grupo de pessoas, em que cada pessoa subordina seus interesses e opiniões individuais para a unidade e a eficiência do grupo.” Isto não significa  que o indivíduo é menos importante; e tampouco significa que o trabalho em equipe eficaz e eficiente vai além de realizações individuais. O trabalho em equipe mais eficaz é produzido quando todos os indivíduos envolvidos harmonizam as suas contribuições e trabalham em prol de um objetivo comum.

Por que os professores devem estar interessados ​​no trabalho em equipe?

Nas Escolas o discurso que aparece lindamente na descrição do Projeto Político Pedagógico é “ promover o protagonismo juvenil, blá, blá, blá…”. Porém esse discurso só se tornará uma realidade quando as crianças e jovens aprenderem a trabalhar em equipe, e isso não ocorrerá se forem deixados ao acaso. Ninguém aprende a trabalhar em equipe sendo deixado sozinho. É preciso que as crianças e jovens sejam desafiados, guiados, cobrados, instigados a terem um objetivo em comum que os motivem a caminharem até alcançarem o que é necessário.

Quando o Professor entra em uma sala de aula não é para meramente “ passar informação” e sim para, em primeiro lugar ajudar os alunos a construírem as ferramentas para serem protagonistas da própria vida, ferramentas estas que oferecerão o empoderamento necessário que ocasionarão e impulsionarão as mudanças na vida dos jovens levando-os a transformarem a sociedade em que vivem.

O trabalho em equipe também tornou-se uma parte importante da cultura do trabalho, pois muitas empresas agora olham para as habilidades de trabalho em equipe quando se avalia uma pessoa para o emprego.

A maioria das empresas percebem que o trabalho em equipe é importante porque quando um produto é criado necessita que diversas habilidades sejam utilizadas e isso só é possível com a  sinergia de uma equipe.

Portanto, é importante que os alunos aprendam a funcionar em um ambiente de equipe para que eles possam descobrir as próprias habilidades, neste ambiente também terão a oportunidade de nutrir, testar, reforçar e ampliar essas habilidades, não apenas para o mercado de trabalho, mas principalmente para gerirem a própria vida.

É por esta razão que a aprendizagem colaborativa deve ser incluída em  todas as salas de aula, mas alguns professores ainda sofrem porque não conseguem fazer com que os alunos trabalhem cooperativamente. Há uma série de razões para esse sofrimento, uma delas é criar e  desenvolver atividades e tarefas  de equipe e a outra  é não conseguir avaliar o desempenho individual dos membros da equipe. Ensinar a todos do grupo a trabalhar em Equipe torna-se uma tarefa crucial para o professor desde a Educação Infantil até o Ensino Superior.

Qual é a diferença entre um exercício  de  grupo e um exercício  de equipe ?

Uma das primeiras coisas que um professor deve reconhecer é a diferença entre um trabalho individual como parte de um trabalho de  grupo e um trabalho individual como parte de um trabalho de  equipe. Abaixo está uma lista das diferenças que existem entre essas categorias. Depois de ler a lista, deve ficar claro qual é a diferença e qual seria o ideal em uma sala de aula.

Grupos Equipes
  • Os membros trabalham de forma independente e que muitas vezes não estão a trabalhar para o mesmo objetivo.
  • Membros funcionam de forma independente e trabalhar em direção às metas pessoais e da equipe, e eles entendem que esses objetivos são alcançados melhor quando o apoio é  mútuo.
  • Os membros se concentram principalmente em si mesmos, porque eles não estão envolvidos no planejamento de objetivos e metas do seu grupo.
  • Os membros sentem um senso de propriedade para com o seu papel no grupo, porque eles comprometeram-se a metas que ajudaram a criar.
  • Aos membros são dadas as  tarefas ou são informados do que fazer, e sugestões são raramente bem-vindas.
  • Os membros colaboram juntos e usam o seu talento e experiência para contribuir para o sucesso dos objetivos da equipe.
  • Os membros são muito cautelosos com o que dizem e têm medo de fazer perguntas. Eles podem não entender completamente o que está ocorrendo em seu grupo.
  • Membros baseiam seu sucesso na confiança e incentivam todos os membros a expressarem suas opiniões, pontos de vista diferentes, e perguntas.
  • Membros não entendem completamente o papel que cada membro desempenha em seu grupo.
  • Membros fazem um esforço consciente para serem honestos, respeitosos e ouvirem o ponto de vista de cada pessoa.
  • Os membros podem ter muito a contribuir, mas ficam restritos ao relacionamento fechado que já mantém com 2 ou 3 elementos do grupo.
  • Os membros são encorajados a oferecer suas habilidades e conhecimentos, e por sua vez cada membro é capaz de contribuir para o sucesso  de todos.
  • Os membros são incomodados por opiniões diferentes ou desacordos  porque as consideram uma ameaça. Não há apoio do grupo para ajudar a resolver problemas.
  • Os membros enxergam os conflitos como uma parte da natureza humana e eles reagem aos conflitos tratando-os como uma oportunidade de conhecer  novas idéias e opiniões. Todos  querem resolver os problemas de forma construtiva.
  • Os membros podem ou não participar de um grupo de tomada de decisão. Adotam atitude passiva, sem questionar.
  • Os membros participam igualmente na tomada de decisões, mas cada membro entende que o líder pode precisar tomar a decisão final se a equipe não conseguir chegar a um consenso.

  

Como fazer os meus alunos tornarem-se uma Equipe:

 A seguir, listamos  oito características que transformarão os alunos de qualquer turma em equipes eficazes :

  1. A equipe deve ter um objetivo claro. Evite, fornecer instruções confusas ou longas Atenha-se ao básico e simples: defina um ÚNICO objetivo a ser alcançado. Desta forma ficará mais fácil o grupo verificar quando o mesmo for atingido.
  2.  A equipe deve ter uma estrutura baseada em resultados. O trabalho em Equipe requer que as tarefas solicitadas pelo Professor sempre apresentem um produto final, ou seja um resultado palpável para todos da Equipe.
  3. A equipe deve ter membros  competentes. Isso significa que dentro da Equipe é preciso que os membros sejam o mais heterogêneo possível para que  ocorra a sinergia que potencializará a busca de soluções inovadoras. Assim sendo, todos terão um nível de competência diferente que contribuirá para toda a equipe.
  4. A equipe deve ter compromisso unificado. Isto não significa que os membros da equipe devem concordar em tudo. Isso significa que todos os indivíduos devem  direcionar seus esforços para a meta. Se os esforços de um indivíduo visa puramente  objetivos pessoais, então, a equipe vai enfrentar isso e resolver o problema.
  5. A equipe deve ter um clima de colaboração. Trata-se de um clima de confiança produzido por um comportamento honesto, aberto, coerente e respeitoso. Sem este  clima as equipes não conseguem alcançar os resultados esperados. Assim atitudes de “ estrelismos” dentro da equipe devem ser repudiadas e combatidas prontamente.
  6. A equipe deve ter altos padrões que são compreendidos por todos. Membros da equipe devem saber o que é esperado deles individualmente e coletivamente. Declarações vagas como “vocês devem ter atitude positiva” ou  “você não estão demonstrando esforço” não são bons o suficiente. O ideal é afirmações do tipo : “ fulano a sua atitude de sempre reclamar quando uma tarefa é dada deixa os seus colegas muito chateados, sente com os seus colegas e encontrem uma maneira de resolver isso”, ou ainda “ quando o grupo fica mais preocupado em encontrar o culpado por não ter realizado uma tarefa, o tempo é perdido, então  reunam-se e debatam como recuperar esse tempo e levantem novas alternativas para a realização da tarefa”.
  7. A equipe deve receber apoio externo e incentivo. Encorajamento e elogios funcionam muito bem, tanto  para motivar equipes como para  os indivíduos.
  8. A equipe deve ter uma liderança baseada em princípios . As equipes normalmente precisam de alguém para liderar e guiar os esforços de todos. Os membros da equipe devem saber que o líder da equipe tem a posição, porque ele apresenta habilidades de liderança e está trabalhando para o bem da equipe. Os membros da equipe serão menos favoráveis, se acharem que o líder  coloca-se  acima da equipe para  alcançar o reconhecimento pessoal ou receber alguma vantagem.

O trabalho de equipe pode melhorar a aprendizagem pois torna os indivíduos melhores ao propiciar que novas habilidades sejam descobertas, reforçadas e utilizadas. É no trabalho de equipe que os indivíduos são forjados para trabalhar coletivamente.

Assim, mostra-se crucial que os Professores tomem como meta utilizarem abordagens que favoreçam o desenvolvimento do espírito de equipe entre seus alunos, pois estas experiências que somente o trabalho em equipe propicia tornam as  experiências de aprendizagem extremamente valiosas.

E isso é um fato tanto para a sala de aula quanto fora dela! É válido também para todos aqueles que desejam fazer um grupo de pessoas tornarem-se uma Equipe.

.

Gestão da Sala de Aula

planejamento escolar

Confira Também:
Espalhe por ai!
Gostou? Então comenta!