Fim de Férias do Professor

Fim de Férias do ProfessorAs férias escolares estão terminando, nem bem o Professor começou a relaxar e já é hora de retornar às aulas. Mas, cá para nós, mesmo em “férias” pergunto-me todo o tempo: Professor realmente tira férias ?????

Será que Professor realmente descansa ? “Desliga” e “desacelera” o ritmo de constante agitação e atenção ?

Estas reflexões ocorrem porque sempre neste período de férias é comum recebermos várias “dicas” de coisas para ler, filmes para assistir, lugares para conhecer e quando nos damos conta, lá estamos nós outra vez, já “alinhavando” todo esse material com a rotina da sala de aula, pensamos naquele aluno indisciplinado, depois naquele outro  que está com problemas e por aí vai.

O fato é que o Professor não “desliga” realmente. Em tudo que vemos, ouvimos, presenciamos sempre procuramos extrair novos aprendizados, novos saberes, novas soluções para as coisas que nos afligem no dia a dia.

Isso é muito bom, na verdade o Professor tem esse “radar” mais aguçado para olhar além do que está sendo mostrado e é aí que encontra-se nossa maior qualidade, mas também nosso maior problema.

Enquanto qualidade esta atenção mais aguçada sempre está a nos desafiar a ir além, a esmiuçar as coisas, a sempre extrair-lhes o sentido em busca de novas maneiras de ajudar os nossos alunos e a aprimorar nosso fazer diário.

Por outro lado, estar sempre atento desgasta e frustra também, pois sempre achamos que as soluções sempre estarão em estratégias cada vez mais elaboradas e complexas, e por esta razão acabamos por desconsiderar as soluções mais simples.

As pessoas que lidam com moda tem uma frase que resume tudo: “ Menos é Mais”. No nosso caso, dentro da Escola, isso significa que ficar sempre correndo atrás dos  novos modismos, tais como o último método mirabolante para alfabetizar, as  novas estratégias para fazer a aula virar um show, nem sempre levam ao resultado esperado.

Coisas assim são passageiras, não passam de um evento, e não produzem de fato mudanças duradouras nos alunos. Então, antes de sair correndo atrás da mais nova moda pedagógica, reflita no que já deu certo até agora.

Minha sugestão para esta semana, que antecede a volta às aulas, é que você elabore uma pequena lista conforme abaixo.

  • . Relacionamento Professor e Aluno: Pense em apenas três ações que você realizou no 1º. Semestre que deram certo. Agora pense em como aprimorá-las para que o resultado seja excepcional.
  • . Práticas de Ensino que os alunos mais participaram: Aqui vale lembrar das práticas que você utilizou em que os alunos empenharam-se mais em realizar . Quais estratégias foram utilizadas ? Em quais momentos elas funcionaram melhor ? Como elas poderiam ser aprimoradas ?
  • . Rotinas: Neste tópico reveja três grandes situações em que o caos se instalou na sala de aula. Em quais momentos ocorreram esse caos ? Quais rotinas precisariam ser criadas para evitar isso ? Foi na hora do trabalho em grupo ? Foi na hora da explicação da lição? Pense em três medidas para solucionar esses problemas.
  • . Conseqüências: Os alunos se unem contra o Professor quando vêem que as conseqüências aplicadas para determinado ato, ao ver deles, é injusta. Assim, minha dica é: baseado nas três grandes situações onde surge o caos, levante com os alunos quais seriam as conseqüências que eles aplicariam. Assim o Professor terá condição de ver quais são as conseqüências que são justas do ponto de vista do aluno e poderá escolher as melhores .

Essas dicas valem tanto para a Educação Infantil quanto para o Ensino Superior.

Por isso, aproveite o restante desta semana para desacelerar, afinal uma ação não precisa ser perfeita, ela precisa apenas ser eficiente e funcionar para você.

Comente no nosso blog como será a sua lista para o próximo  Semestre.

 PÓS

Roseli Brito: Pedagoga, Psicopedagoga Clínica e Institucional, Neuroeducadora e Coach.

28 Comentários

  • LINA LUCIA

    Concordo plenamente com o “não desligar realmente” e com as reflexões que o texto nos oferece. Valorizando o que diz a colega Clicia Alana, como professora, não posso me “desligar”. Tudo o que vejo, leio e escuto me fazem pensar em como aprimorar meu “fazer pedagógico”, o meu “ser educadora”. Obrigado a mestra ROSELI pelos textos oferecidos no Curso. O que podemos fazer para que haja continuidade de bons cursos como este? Quero participar de um próximo.

  • Clecia Lacerda

    Venho recebendo esse curso pelo e-mail, tem ajudado muito na minha prática pedagógica, principalmente nas aulas de Formação e Cidadania, projeto Diretor de Turma. Tenho indicado esse curso a vários professores, inclusive a minha coordenadora pedagógica. Parabéns, sempre posto matérias em meu blog no http://www.tabquimica.blogspot.com .

  • keila moreira

    PARABÉNS PELO SEU BLOG ELE TEM ME AJUDADO BASTANTE.
    OBRIGADA PELAS DICAS E ORIENTAÇÕES.ABRAÇOS.

  • Ruth

    Roseli!
    Sou uma pessoa encantada com a educação e fico radiante quando vemos outras que também se dedicam e passam dicas para os indivíduos que estão na ativa.Gosto muito de seus textos e aproveito os para aplicar em meu espaço educativo. Lá eu sou gestora e trabalho com crianças com dificuldades também.
    Continue assim com garra e valentia nos proporcionando estas dicas maravilhosas para o nosso fazer pedagógico. Que Deus te acompanhe sempre.Carinhosamente
    Ruth Coutinho Staedele

  • Doracy Malta Campos

    REALMENTE,NÃO CONSEGUIMOS DESLIGAR DA ESCOLA E DOS ALUNOS.COMO VOCÊ
    FALOU, TUDO QUE VEMOS, OUVIMOS, JÁ IMAGINAMOS SE DARIA CERTO NA SALA DE AULA.
    IMAGINE UM CASAL: MARIDO ALFABETIZADOR (DUAS TURMAS), ESPOSA SUPERVISORA… O ASSUNTO QUE ROLA É ESCOLA. E, VOCÊ, ROSELY, JÁ FAZ PARTE DA NOSSA ROTINA ESCOLAR.
    DEUS TE CONCEDA CADA VEZ MAIS INTELIGÊNCIA E SAÚDE PARA NOS AUXILIAR.
    CARINHOSAMENTE,
    ABRAÇOS!

  • Iris Delmar de Oliveira Franco

    Obrigado p/ orientaçõe,tem me ajudado e muito em minha pratica pedagogica.Obrigada ! Parabéns….

  • Cibele

    Gosto muito do seu blog e teve várias dicas que eu segui que deram certo, já usei suas dicas e eu blog em HTPC na escolas que eu leciono.
    É isso ai, parabéns!!!
    Também tenho um blog e gostaria muito que fosse visitar…abços

    http://fisicasemeducacao.blogspot.com/

  • eliane rocha

    Quase nao temos a oportunidade de dizer o que fizemos e deu certo, mas aqui abre-se uma janela ao menos para pensarmos em coisas boas que fizemos e que vale apena melhorar.

  • Marlene Tiago Dos Reis.

    Gostaria de agradecer a todos que trabalham em beneficio a melhoria da educação em nosso país. São atitudes como essas que faz a gente acreditar em dias melhores.
    Parabéns e muito abrigado.
    abraços.
    Marlene

  • Conceição Mesquita

    Olá, galera
    Não estou em sala de aula,mas coordeno um grupo de professores.
    Realmente em qualquer função que estejamos ocupando precisamos repensar nossa prática mudando algumas estratégias para alcançarmos o sucesso esperado. Vamos enfrentar com ousadia os novos desafios que nos esperam.
    Bom retorno a todos (as).
    A você Roseli, meus sinceros agradecimentos pela valiosa contribuição que nos tem dado.
    Abraços.

  • Nilza Correa Lagercrantz

    Gostaria de agradecê-los das dicas, foram valiosissimas dentro das salas de aula, minhas aulas se tornaram mais atrentes tornando-as mais acessível aos alunos, que constroem dia a dia uma atitude favoravel à aprendizagem do sistema.

  • Divina Maria de Oliveira

    Olá pessoal! Obrigada pelos textos, pois tem me ajudado compreender melhor em lidar com a turma. Pois tinha uma turminha indisciplinada já não sabia, mas o que fazer, através dos textos despertou-me sobre a prática e mudança nas minhas estratégias em sala de aula.
    Gostaria de estar participando dos cursos e receber mais textos que possam trazer sustentabilidade em meu trabalho.

  • Aurea Lúcia de Sousa Paula

    Queridos colegas, algo interessante que fiz no 1º semestre e pretendo repetir mais vezes foi a aprendizagem de fração utilizando pizzas de verdade, organizamos cardápios, ilustramos, fizemos as pizzas e o aprendizado foi significativo. Para estudar o meio ambiente, fizemos um piquenique em uma área próxima a um açude e verificamos que há lixo, invasão territorial, exploração sem controle do lugar, inclusive os alunos fizeram uma carta comunicando à prefeitura da situação e cobrando atitudes. As atividades que foram fixadas por meio do jogo tiveram um ótimo retorno, além de despertarem o interesse, concretizaram seus conhecimentos.quero muito participar desse novo curso, mande-o por email pois as dicas são maravilhosas.

  • nila do socorro g e silva

    BOM DIA, obrigada por esta equipe maravilhosa,quero sim fazer este curso.Todos os cursos que for oferecido pra melhorar a minha prática pedagogica eu quero fazer…………Obrigada.

  • Sonia Rezende

    Fim de férias do professor.
    Esse artigo ratifica o que sempre, ou seja, desde que entrei para a profissão vem me “assombrando”: não me desligar da prática docente. Não vejo isso como algo ruim, mas como excesso de preocupação ou, talvez, responsabildade com o que me propus a fazer. Realmente penso em muitas coisas, por exemplo, esta semana, ouvindo um música com a minha filha comentei:” Que legal, eu posso fazer um paralelo com o Barroco!”, e ela:”Mãe, pelo amor de Deus! Estamos de férias, que mania de fazer tudo se relacionar com a escola!”
    É, quem ama o que faz nunca é perfeito, mas está sempre procurando melhorar; mesmo que não dê certo jamais perde a esperança.
    Um grande abraço.

  • yvonne guerin

    Fico feliz de saber que pessoas como vocês dão esta força de que tanto esperamos uns dos outros e quando ouço que somos desunidos percebo que não é a maioria, contem sempre comigo pela educação pois eu acredito nela integralmente, abraços a todos.

  • tatiane rosa

    Quanto mais comprometido estivermos com nosso trabalho mais dificil será tirar ferias ate porque queremos muito inovar nossas aulas e as vezes caimos no erro do excesso de informação sem direcionamento não combinando conhecimentos o que gera uma uma torre de babel do saber e o bom acaba não acontecendo q é a aprendizagem.Então cuido por preferir o pouco consistente que o muito descontente.um abraço pró taty

  • Marta Regina

    Olá pessoal
    Esse primeiro semestre foi um grande passo para o desenvolvimento da minha turma,já deu para avaliar melhor suas características e as formas melhores para desenvolver a prática com maior competência.Abraços a todos bom retorno Marta Regina

  • silvane

    é ótimo sempre ter suporte cada vez mais para realizarmos um bom trabalho sou professora há 15 anos + nunca me sinto em desvantagem dos profissionais novatos sempre estou buscando novos horizontes para acompanhar meu queridos alunos não podemos desistir .

  • Maria Luzia

    È muito bom rever essas práticas,na correria de nossos dias muitas das vezes essas simples coisas que muito nos auxilia nos esquecemos de praticar. Acredito que tudo isso contribui não só na aprendizagem dos alunos pois para nós é um exercício importantíssimo.
    Abraços

  • Antonieta Bispo

    Colegas,

    Acredito no poder que a educação tem de transformação e na nossa importância enquanto mediadores do saber. Fazer uma lista e repensar nossa prática além de ser essencial deve ser adotado por todos nós como exercícios diários, pois o processo ensino- aprendizagem ele não tem pausas , muito menos férias e já sabiamos disso, desde quando escolhemos esta profissão, pois precisamos sempre estudar para lecionar.Acredito que se conseguirmos que nossos alunos assimilem e acomodem ( já dizia PIAGET)as informações transmitidas,e tornarmos o aprender em apreensão, sairemos ao final de um ano letivo, com a sensação de dever cumprido.

  • Heloisa Helena

    Realmente uma excelente ideia essa de repensar o que deu certo e colocá-las em prática na sala de aula. Vou replanejar o que deu certo.

  • claudia andrea

    Eu estou morrendo de saudades da minha turma. Não vejo a hora de revê-los.

  • maria wilma duarte ponte

    Concordo com Giovana. Tudo para melhorar o relacionamento e a aprendizagem na sala de aula é sempre bem vindo.

  • Luzia Magna

    Olá,

    Fazer uma lista e repensar nossa prática pedagógica é essencial para que possamos corrigir erros e buscar novas alternativas, pois elas sempre existem. Pretendo sim repensar minha postura enquanto educadora e rever pontos fundamentais da relação professor aluno e o que precisa mudar…No que se refere às práticas de ensino, eliminar o que não deu certo e reforçar atividades que produziram efeito positivo e promoveu a aprendizagem significativa.Buscar avaliar a rotina em sala de aula e analisar possíveis consequências de nossos atos..
    Recomeçar um novo semestre para alcançar o sucesso!

    Luzia Magna

  • clicia alana

    Gostei muito do texto,me fez refletir acerca do que preciso melhorar para tornar minhas aulas cada vez melhores.Sou apaixonada pelo meu trabalho e realmente não consigo “desligar”,tudo o que vejo,leio,escuto me faz pensar em como posso aprimorar o meu fazer pedágogico.Obrigada pelas dicas!

  • Esron

    Neste processo, compactuo o procedimento apreentado pois, afina-se com oque acredito numa prática cíclica de avaliação e reavaliação do processo. Parabéns!

  • Giovana Grangeon Cersosimo Nunes

    Tudo que se refere a aperfeiçoar minha prática me interessa, pois estou certa que a qualidade de ensino está na melhoria de nossa prática pedagógica.

    Portanto, gostaria muito de participar desse curso.

    Giovana

Deixe seu comentário aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *